Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

Golpe Militar

Presidente são-tomense condena violência na Guiné-Bissau

São Tomé - O Presidente da República são-tomense condenou de “forma clara e inequívoca” os «acontecimentos registados na República da Guiné-Bissau que põem em causa a ordem e tranquilidade pública e a normalidade constitucional naquele país».

Manuel Pinto da Costa disse em comunicado que está a acompanhar com “especial atenção e preocupação” a situação no país africano de língua oficial portuguesa e lançou um apelo «à cessação imediata de todos os actos de violência, ao respeito pela legalidade democrática e pelo valor supremo da vida humana».

«São Tomé e Príncipe manterá com os seus parceiros da CPLP, nomeadamente com a presidência angolana, bem como com a CEDEAO e as Nações Unidas, uma estreita articulação, tendo em vista o acompanhamento adequado da situação e a busca de uma solução pacífica para a mesma» garantiu ainda o chefe de Estado são-tomense, na mesma Nota de Imprensa.

Por sua vez, o primeiro-ministro em declarações à imprensa condenou o “golpe de estado” na Guiné-Bissau.

Patrice Trovoada responsabilizou os golpistas pela vida daqueles que foram presos, nomeadamente o Presidente da República interino, Raimundo Pereira, e o Primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior.

O chefe do governo são-tomense defende ainda que este é o momento para se adoptar uma “atitude de firmeza”, a única que levará os militares a se submeterem ao poder civil.

A agitação militar dá-se em vésperas do início da campanha para a segunda volta das eleições presidenciais.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-04-13 19:29:34

MAIS ARTIGOS...
  BM reconhece melhoria de Timor-Leste na facilidade de implementação de negócios
  Moçambique assina acordo contra caça furtiva com a África do Sul
  Banco Espírito Santo Angola terá Novo Banco como acionista
  Israel condena reconhecimento do Estado Palestiniano por parte da Suécia
  Cabo Verde: José Maria Neves apela à precaução para evitar criminalidade
  Suécia reconhece o Estado palestiniano
  Cabo Verde: José Maria Neves envia condolências à Zâmbia
  Processo político na Guiné-Bissau confere papel de estabilizador à comunidade internacional
  Air France-KLM quer implementar rota directa para Moçambique
  Moçambique: Desarmamento da Renamo começa hoje a ser fiscalizado
  Representante da ONU na Guiné-Bissau fala sobre consolidação do Estado de direito
  Resultados trimestrais da Air France registam queda

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Timor Leste Cabo Verde Maputo Digital
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais Banners