Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

Golpe Militar

Presidente são-tomense condena violência na Guiné-Bissau

São Tomé - O Presidente da República são-tomense condenou de “forma clara e inequívoca” os «acontecimentos registados na República da Guiné-Bissau que põem em causa a ordem e tranquilidade pública e a normalidade constitucional naquele país».

Manuel Pinto da Costa disse em comunicado que está a acompanhar com “especial atenção e preocupação” a situação no país africano de língua oficial portuguesa e lançou um apelo «à cessação imediata de todos os actos de violência, ao respeito pela legalidade democrática e pelo valor supremo da vida humana».

«São Tomé e Príncipe manterá com os seus parceiros da CPLP, nomeadamente com a presidência angolana, bem como com a CEDEAO e as Nações Unidas, uma estreita articulação, tendo em vista o acompanhamento adequado da situação e a busca de uma solução pacífica para a mesma» garantiu ainda o chefe de Estado são-tomense, na mesma Nota de Imprensa.

Por sua vez, o primeiro-ministro em declarações à imprensa condenou o “golpe de estado” na Guiné-Bissau.

Patrice Trovoada responsabilizou os golpistas pela vida daqueles que foram presos, nomeadamente o Presidente da República interino, Raimundo Pereira, e o Primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior.

O chefe do governo são-tomense defende ainda que este é o momento para se adoptar uma “atitude de firmeza”, a única que levará os militares a se submeterem ao poder civil.

A agitação militar dá-se em vésperas do início da campanha para a segunda volta das eleições presidenciais.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-04-13 19:29:34

MAIS ARTIGOS...
  Ataques do Boko Haram na Nigéria provocam cerca de 170 mortos
  Guiné-Bissau: Presidente quer estancar hemorragia de boatos e especulações
  “Pantera Negra” entra no Panteão Nacional
  Cabo Verde: Polícia Judiciária inicia greve de dois dias
  Instalações da Marinha norte-americana encerradas por segurança
  Futebol: Mitrovic no Dragão?
  Merkel vai esperar pelo referendo grego para negociar
  Cuba é o primeiro país a eliminar transmissão materna do HIV
  União Europeia apoia Guiné-Bissau no controlo e fiscalização das fronteiras
  EUA e CUBA reatam relações diplomáticas e reabrem embaixadas
  Cabo Verde: Parlamento aprova revisão do Código Laboral
  Egipto: Cinco atentados terroristas matam cerca de 30 militares

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Timor Leste Cabo Verde Maputo Digital
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais Banners