Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

Golpe Militar

Presidente são-tomense condena violência na Guiné-Bissau

São Tomé - O Presidente da República são-tomense condenou de “forma clara e inequívoca” os «acontecimentos registados na República da Guiné-Bissau que põem em causa a ordem e tranquilidade pública e a normalidade constitucional naquele país».

Manuel Pinto da Costa disse em comunicado que está a acompanhar com “especial atenção e preocupação” a situação no país africano de língua oficial portuguesa e lançou um apelo «à cessação imediata de todos os actos de violência, ao respeito pela legalidade democrática e pelo valor supremo da vida humana».

«São Tomé e Príncipe manterá com os seus parceiros da CPLP, nomeadamente com a presidência angolana, bem como com a CEDEAO e as Nações Unidas, uma estreita articulação, tendo em vista o acompanhamento adequado da situação e a busca de uma solução pacífica para a mesma» garantiu ainda o chefe de Estado são-tomense, na mesma Nota de Imprensa.

Por sua vez, o primeiro-ministro em declarações à imprensa condenou o “golpe de estado” na Guiné-Bissau.

Patrice Trovoada responsabilizou os golpistas pela vida daqueles que foram presos, nomeadamente o Presidente da República interino, Raimundo Pereira, e o Primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior.

O chefe do governo são-tomense defende ainda que este é o momento para se adoptar uma “atitude de firmeza”, a única que levará os militares a se submeterem ao poder civil.

A agitação militar dá-se em vésperas do início da campanha para a segunda volta das eleições presidenciais.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-04-13 19:29:34

MAIS ARTIGOS...
  UE doa 136 milhões de euros para ajuda humanitária na Síria
  Alemanha adverte que mudanças na Grécia não podem afectar contribuintes europeus
  Guiné-Bissau: Ministério da Educação exige que ULG cumpra o despacho do Governo
  Cabo Verde e Guiné-Bissau assinaram quatro acordos de cooperação
  Ucrânia: Confrontos no leste causam 12 mortos
  PR de Cabo Verde participa na 24.ª Conferência da União Africana
  Egipto: 27 mortos em atentados a alvos militares
  Miguel Trovoada vai apresentar o relatório sobre a Guiné-Bissau nas Nações Unidas
  Ucrânia: Nova ronda de negociações em Minsk decorre esta sexta-feira
  Human Rights Watch preocupada com corrupção em Angola, Brasil e Guiné Equatorial
  Guiné-Bissau: Dia da Mulher assinalado pela recuperação de produção intelectual
  Governo malaio declara desaparecimento do voo MH370 «acidente»

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Timor Leste Cabo Verde Maputo Digital
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais Banners