Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Sociedade

Operação abrange todo o território nacional

São Tomé e Príncipe: IV Recenseamento Geral

São Tomé – O Instituto Nacional de Estatística (INE) tem tudo preparado para a realização do IV Recenseamento Geral da População e da Habitação, que vai decorrer a 12 e 13 de Maio.

A operação abrange todo o território nacional e obedece a «critérios de exaustividade e simultaneidade, tanto no que respeita aos indivíduos como aos alojamentos, por mais dispersos que se encontrem», comunicou o INE.

A quantidade, tipo de habitação e o número da população, são as unidades estatísticas a observar.

Neste censo, o país ficará a saber quantos cidadãos tem, onde vivem e como vivem. Para tal, foram necessários vários meses de preparação.

Realizou-se uma experiência piloto nas localidades de Riboque e Micoló, que também serviu para testar o pequeno computador de mão, equipamento digital para a recolha e conversão de dados, que vai ser utilizado pela primeira vez neste recenseamento.

Outra etapa importante consistiu na construção de uma base cartográfica censitária digitalizada, uma das etapas decisivas para a realização do recenseamento.

Cantagalo, Caué e Lembá foram os distritos eleitos para arrancar com este tipo de cartografia, com vista à «actualização dos limites da estrutura administrativa e das áreas de supervisão e controlo, áreas de enumeração, sendo as zonas urbanas e rurais tomadas em consideração para o estabelecimento desta estrutura».

Censos com cartografia digital têm, entre outras vantagens, a poupança de tempo e ganhos de produtividade, a redução de custos, bem como a melhoria na elaboração de políticas e partilha de dados.

Para a concretização do processo foi necessário ainda formar agentes recenseadores.

Numa ampla campanha de sensibilização, em parceria com os media locais e estrangeiros, cerca de 40 jornalistas e técnicos de diversos órgãos da Comunicação Social são-tomense participaram num atelier de capacitação e esclarecimento.

Realizou-se ainda um concurso musical para encontrar o hino da campanha, que tem como lema «São Tomé e Príncipe conta consigo».

O Banco Mundial, o Fundo das Nações Unidas para a População e o Brasil estão, entre os principais parceiros do país, na realização deste censo, cujos custos ultrapassam mais de meio milhão de dólares.

O primeiro censo realizado em 1981 apurou uma população residente na ordem das 96.611 pessoas. No segundo, dez anos depois, foram recenseadas 117.504 residentes e, o terceiro, que teve lugar entre Agosto a Setembro de 2001, apurou um total de 136.125 habitantes em todo o território de São Tomé e Príncipe.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-05-09 16:33:54

MAIS ARTIGOS...
  São Tomé e Príncipe pede ajuda internacional para prevenir o ébola
  MpD critica situação dos emigrantes cabo-verdianos em São Tomé e Príncipe
  São Tomé e Príncipe: Governo garante ligação marítima inter-ilhas
  São Tomé e Príncipe assinala Dia Nacional das Forças Armadas
  São Tomé e Príncipe anuncia novas medidas de prevenção do ébola
  São Tomé e Príncipe: PM adverte população para gravidade do Ébola no país
  São Tomé e Príncipe: Paralisação de polícias inviabiliza jogos da oitava jornada
  STP toma medidas preventivas para evitar o contágio do vírus Ébola
  São Tomé e Príncipe: UNITEL aposta na qualidade dos serviços
  São Tomé e Príncipe celebrou o 39.º aniversário da Independência
  São Tomé e Príncipe: Líder do STJ apela à investigação da fuga de crianças no país
  São Tomé e Príncipe: Dados do Recenseamento Geral disponíveis

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Timor Leste Cabo Verde Maputo Digital
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais Banners